cc 2019 - rodrigo y. sandoval

orquestra de máquinas de escrever

Constituída de um número variável de integrantes – entre músicos, acadêmicos, artistas e técnicos –, a orquestra tanto apresenta músicas autorais, quanto realiza versões “maquínicas” de canções consagradas de gêneros variados, do samba ao rock and roll. Além das máquinas de escrever, que cumprem funções percussivas e, por vezes, melódicas, a orquestra é constituída, também, por outros objetos ou instrumentos convencionais, como trompete e glockenspiel, e não-convencionais, como máquina registradora, stylophone e sintetizadores analógicos.

As apresentações da Orquestra são marcadas por sua natureza performática, que recria a atmosfera de escritórios dos anos 50 e 60, reinscrevendo-a – e ressignificando-a –  no contexto da cultura contemporânea, fato que, além de divertir o público, suscita um conjunto bem amplo de reflexões no que tange as relações entre linguagem, tecnologia e cultura.

Investigador afiliado

Alex Sandro Martoni

Universidade Federal Fluminense

Brasil